Friday, June 12, 2009

Xirilo xa Africa!!

(Choro de África)

As lágrimas não param
Em cada dias que se passam elas se espalham
Arruinando famílias por todo canto se degradam
É triste e lamentável
antes o colonialismo
em Africa foi abalável
suportou, pois europeu pilhou, roubou, e explorou o nosso amável povo
outros chefes africanos ajudaram
É cansativo ver toda Africa a chorar
As faces negras são fantasmas reflectidos em águas
É uma terra fria com muito sangue derramado
a derramar, vivemos em episódios de angústias cheias de trágicas cenas
Neste pedaço de terra, há tanta muita coisa ruim que é difícil suportar
É um continente rico e poderoso, mas de lágrimas cobertas de luto
As guerras não param, e cada dia mais polémicas
Tudo Estragam, e ao mesmo tempo são endémicas
Elas invadem a nossa privacidade sem piedade e sem ética
Sobretudo para quem as mobiliza são sempre beneficias
Minha terra Africa sempre foste a vítima
Haja tranquilidade, Haja união, nem que seja a última vez...Africa, que a paz seja legítima Erradicando a fome, doença, escacês e a nudês
Africa, agora basta! chega, nunca mais lágrimas
Abaixo a Guerra, nunca mais exploração
Minha terra, nada de represálias este é o tempo de combater a podridão destruir a corrupção nada de mágoas, tristeza, pobreza, haja solução...

Em memória das vítimas de Guerra, fome e Hiv/Sida.

Escrito e Criado por: Inoque Matangalane (2005, 2006, 2008) Assistência: João craveirinha e Júlio Matangalane Machava

1 comment:

  1. Parabéns pelo espaço!
    Reedite, por favor, Xibhuku.

    ReplyDelete